Arte e música se unem para compor o Projeto M-Arte, uma iniciativa do grupo de estudos “Em processo”, da Galeria Multiarte. Com duração de três meses, o projeto de ocupação busca inspiração no acervo musical do mestre Luiz Gonzaga para refletir a arte em suas múltiplas facetas.  A curadoria é de Jared Domício e co-curadoria de Luciana Eloy. Em sua primeira fase, intitulada “Sala de Reboco”, o cenário entoado pelo Rei do Baião foi reconstituído e desconstruído em fotografias, pinturas, esculturas e outras técnicas, para refletir sobre os espaços que a arte ocupa, o contraste entre o rústico como tradição e o imenso branco que predomina nas galerias modernas.

Espectador interage com trabalho assinado por Ana Cristina Mendes

Atualmente, o projeto M-Arte encontra-se em sua segunda fase, chamada “Samarica”, que ficará em cartaz até 1o de novembro. Nela, os trechos da música “Samarica Parteira” inspiram trabalhos artísticos que buscam explorar o feminino sob olhares e aspectos complexos que o compõem. Assinam os trabalhos desta fase, os artistas Ana Cristina Mendes, Beatriz Pontes, Cecília Andrade, Cris Soares, Graça Carvalho, Herbert Rolim, Jônia Tércia, Marina de Botas e Vânia Marques. A próxima e última fase do projeto será chamada “Apologia ao Jumento”, outra canção de Luiz Gonzaga, que retratará o feminino sob a ótica da resistência.

 

SERVIÇO

Projeto M-Arte, 2ª fase “Samarica”
Aberta ao público até 10 de novembro
Visitações de segunda a sábado, de 9h às 19h
Galeria Multiarte (Rua Marcos Macêdo, 655 – Aldeota)
Contatos: 3249.3355 / 3261.7724